“Real uma pequena extensão do irre@lismo”.

Origem. ( para o irrealismo).

Ao lembrar de Rousseau começo meus pensamentos políticos, existiu-se então um conceito de liberdade entre os homens, onde suas necessidades tende a ser resolvida, este momento que vós dizeis, é o estado real, o principio da realidade humana, princípios que tende a ser fragmentados, quando o primeiro homem se desconecta do estado real e conecta ao irreal, e a onde o estado se funde e tende a ser implementadas as Ética, desenvolvendo-se o percussor desta pesquisa que são os primeiros conceitos do Irrealismo, e também da Psicanálise do Behaviorismo, em suma o condicionamento humano: o estado se funde quando primeiro sentimento de poder (irreal), se torna eficaz aos outros.
Citando que, este estado de poder (escravidão) tende ser a quebrado, quando, o primeiro homem se funde e conectar ou pensamento o de liberdade, sendo assim posso dizer que o condicionamento não é algo tão eficaz, ao se dizer de manipulação dos comportamentos, mas, estes conceitos são a manifestações puras da maioria revoluções humanas, segundo – o conceito Irrealista.
O que vindes aqui dizer, é que, a sociedade humana fez uma escolha, perigosa e revolucionista, o de redimir e manipular, conceitos estes que é a fonte de expiração para debatermos sobre está pesquisa Irreal.

Introdução.

Pretendemos desenvolver essa pesquisa sobre uma questão hierárquica , psicoingenuista ,reproduenfluentista .
Primeiramente, esse trabalho a ocasião proposta não é necessário, os momentos de reflexão estão a ser desenvolvidos, o olhar é para o mundo sensível, e não inteligível, as palavras tem vida própria, os resultados são inumerável.
Em momentos de discórdia entre pessoas, a manipulação de mentes se identifica com um grande bankis , se torna vivo, esses vários eventos isolados e manipulamente planejados se unem em grandes redes (coletificadas), chamadas de parlamento, esses eventos, intervensõesmortais, são os casos desta pesquisa monopessoa identificada, e não irrealizada.

O que é irre@lismo?
Em suma é um movimento de conceitos, por estante, que demonstra as manifestações ilusórias, materializadas ou idealizadas pela sociedade até os dias e hoje. Essa pesquisa, pretende desenvolver alguns dos mais vastos pensamentos contemporâneos os de “realpoder”, o irre@lismo é uma materialidade sonhada e importada pela mídia ou pessoas em geral.(parlamanto)

Irre@lismo.
Ilusão: Sonho, Internet.
Realismo: Movimento de arte. (mostrar o que real vé)
Real: Sentir.
Ireal:Conceitos, Idéias.

“Uma idéia ela não pode ser tocada, ela não é material, mas sim ireal, ao sentimento, ou melhor, ser tocado pelo realismo”.

Eu.
Ao entender o verdadeiro preceito de uma palavra me deparou, com uma das mais integrantes pensamentos de hoje, o de existência de poder perante a sociedade, quando permitir que este conceito gestaltico entrasse em meu olhar, me condicionei, o preceito de manipulação escancarada me marca, como uma sombra na tarde, e como uma nuvem em dia de chuva ,me esforço a entender e a ver o irreal, a Nietzche te entendo como Zaratrustra a irrealista, a mente, o fictício e só vocês vistes; considerações aparte, entendem a necessidade humana agora como uma praga, preste a identificar mais um órgão preste a ser dominado, como o vírus que te pega e te trata como (remédio não eficaz), e queres controlar as mentes humanas como um antivírus, em quarentena , mais essa minha estratégia já foi corrompida durante anos, pelo parlamento, mente em domesticação, animaismaquinas.
A necessidade nunca acaba como viciados por sangue vida fictícia, vai se chegar um dia em que a sociedade não vai acreditar em nada, só na pura essência da morte quando descobrir que a este mundo não a pertence, pois posso ver e sentir, a falsificação a reprodução já nesse contemporâneo, o instante já se passou, a sociedade se armou, pesquisei entre varias interfaces a necessidade de ter algo de dizer se é necessário para minha existência, e percebi que só uma das primeiras fileiras das pirâmides de Abraham Maslow que preenchem como um animal racional, tudo o resto é imaterial são preenchimento de não-vivencia para vida, o que é então a existência, manipulam meus sonhos e depois me vendem em pequenas janelas-de-vidro , o materialismo, a pura satisfação,á schopenhauer me diz então o que é felicidade.
PrimeiraMonopessoa.

Anúncios